08/12/2010

DESFILE DE MODA



INTRODUÇÃO


ü ESQUEÇA AS FASHION WEEKS, ESQUEÇA O GLAMOUR E AS FESTAS; OS CONVITES, ESQUEÇA "GENTE BONITA".
ü NOSSA JORNADA DEVE IR ALÉM DA PONTA DE UM GIGANTESCO ICEBERG CHAMADO MERCADO DE MODA.
ü SE VOCÊ VAI COMEÇAR A TENTAR ENTRAR NO MERCADO DE PRODUÇÃO DE DESFILES E SHOW-ROOMS, VOCÊ DEVE SABER QUE 99% DO MERCADO ACONTECE DISTANTE DOS HOLOFOTES DA MÍDIA DE MODA.
ü LEMBRA-SE QUANDO VOCÊ FOI VISITAR AQUELE SHOPPING E VIU UM PEQUENO DESFILE ACONTECENDO QUASE QUE POR ACASO NA PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO?
ü PARA QUE AQUELE PEQUENO EVENTO ACONTECESSE, SE TRABALHOU UMA SEMANA, TALVEZ UM MÊS OU MAIS.
ü PESSOAS GASTARAM A CALMA E UM MONTE DE DINHEIRO PARA QUE ALGUMAS MENINAS SUBISSEM EM UM TABLADO DE MADEIRA, VESTINDO ROUPAS QUE QUALQUER UM PODE VER NAS VITRINES (E PROVAR), PARA QUE CENTENAS DE OUTRAS PESSOAS PUDESSEM VER AQUELAS ROUPAS E COMPRÁ-LAS. QUAL A FINALIDADE DISTO TUDO?
ü BASICAMENTE UM DESFILE DE MODA É UMA PEÇA DE MARKETING, BASTANTE BARATA SE COMPARADA A OUTRAS MÍDIAS TAIS COMO TELEVISÃO OU OUTDOOR.
ü A INTENÇÃO DE SE FAZER UM DESFILE DE MODA É BASICAMENTE VENDER MODA, QUE ALGUMA CONFECÇÃO ESTÁ DISPONIBILIZANDO NO MERCADO, ALGUMA LOJA ESTÁ VENDENDO, OU MESMO UM ESTILISTA ESTÁ CRIANDO.
ü SENDO ASSIM, NÃO DEVEMOS NOS ESQUECER DE QUE A ESTRELA PRINCIPAL DE UM DESFILE DEVE SER A ROUPA, E TODO O RESTO DEVE SERVIR DE ARGUMENTO PARA VENDÊ-LAS.
ü O DESFILE DEVE SER CAPITALIZADO (RENDER FRUTOS NA PROMOÇÃO DA COLEÇÃO) EM TRÊS ESTÁGIOS:
ü 1. PRÉ-EVENTO - GERANDO NOTAS EM JORNAIS E AÇÕES DE TELEMARKETING DIRIGIDAS A CLIENTES, AVISANDO QUE O EVENTO ACONTECERÁ. ISTO É MÍDIA, ISTO É IMPORTANTE PARA A MARCA.
ü 2. EVENTO - MOMENTO DO DESFILE, QUE DEVERÁ SER DEVIDAMENTE REGISTRADO POR FOTÓGRAFOS E PASSAR UMA BOA IMPRESSÃO À PLATÉIA, PARA GERAR UM BOCA-A-BOCA POSITIVO E ESPONTÂNEO.
ü 3. PÓS-EVENTO - NA DIVULGAÇÃO DE FOTOS DO EVENTO NA MÍDIA ESPECIALIZADA, OU MESMO DENTRO DA LOJA, DURANTE A APRESENTAÇÃO DAS PEÇAS AO CLIENTE.

IMPRENSA: PRINCIPAL OBJETIVO DE UM DESFILE DE GRANDE PORTE


ü FAZER DESFILES É UMA FERRAMENTA UTILIZADA POR GRIFES PARA CONSEGUIR MÍDIA BARATA PELA A IMPRENSA.
ü O JOGO É BASTANTE SIMPLES: AO INVÉS DE SE GASTAR CENTENAS DE MILHARES DE REAIS EM ESPAÇO PAGO NOS JORNAIS, REVISTAS, OUTDOORS, ELES UTILIZAM UMA PARCELA BEM MENOR DESTES VALORES PARA PRODUZIR UM BOM EVENTO QUE POSSA ATRAIR A ATENÇÃO DA IMPRENSA ESPECIALIZADA.
ü O ESPAÇO EM MÍDIA CONSEGUIDO ATRAVÉS DE EVENTOS TEM MAIS CREDIBILIDADE PARA OS SEUS CLIENTES.
ü SEMPRE UTILIZADO PELAS GRANDES MARCAS, É USAR A FORÇA TURBINADA DAS DUAS FORMAS JUNTAS DE MÍDIA.
ü DESFILES DE MENOR PORTE PODEM NÃO CONSEGUIR A CAPA DA REVISTA CARAS, MAS CERTAMENTE, COM UM POUQUINHO DE JOGO DE CINTURA, VOCÊ CONSEGUIRÁ PEQUENAS NOTAS EM GRANDES JORNAIS, ESPAÇOS INTERESSANTES EM JORNAIS DE BAIRRO, PÁGINAS DE INTERNET, PROGRAMAS ESPECIALIZADOS DE TELEVISÃO.
ü PARA CONSEGUIR ESTA MÍDIA, VOCÊ DEVE TRATAR OS JORNALISTAS E EDITORES COMO SEU PÚBLICO ALVO, CRIANDO PEQUENAS CAMPANHAS DIRIGIDAS À IMPRENSA. ESTE É O TRABALHO QUE UMA BOA ASSESSORIA DE IMPRENSA FARÁ POR VOCÊ. AQUI VÃO ALGUNS TOQUES SOBRE COMO A IMPRENSA DEVE SER ATINGIDA:
ü 1. CRIE "MÍDIA KITS" PARA SEREM ENTREGUES AOS JORNALISTAS QUE PRETENDE ATINGIR. UM "MÍDIA KIT" É FORMADO POR UM PRESS-RELEASE EXPLICATIVO, CONVITES CRIATIVOS PARA DESFILE, UMA "LEMBRANCINHA" DO EVENTO, QUE PODERÁ SER UMA PEÇA DE PEQUENO VALOR DA SUA GRIFE, E MUITA, MUITA CRIATIVIDADE. APENAS TOME CUIDADO PARA NÃO TRANSFORMAR SEU "MÍDIA KIT" EM UMA GRANDE CAIXA DE OBJETOS SEM SENTIDO.
ü 2. NÃO PROCURE JORNALISTAS COM MUITA ANTECEDÊNCIA PARA O EVENTO. JORNALISTAS SÃO PESSOAS BASTANTE REQUISITADAS E TENDEM A ESQUECER ASSUNTOS MENOS IMPORTANTES NA HORA DE ESCOLHER SUAS MATÉRIAS. ASSUNTOS FÚTEIS (COMO FATALMENTE NOSSOS DESFILES DEVEM SER, BEM...) DEVEM TER A HABILIDADE DE APARECER EM SUAS MESAS NA HORA DO FECHAMENTO FINAL DAS EDIÇÕES. EM ALGUNS JORNAIS, OS CADERNOS DE EVENTOS, QUE SAEM AOS DOMINGOS, SÃO FECHADOS NA QUINTA-FEIRA. O IDEAL PARA EVENTOS DE MEIO DE SEMANA, É PROCURAR OS JORNAIS COM TRÊS DIAS ANTES.
ü 3. NÃO PROCURE APENAS EDITORIAS DE EVENTOS E FIRULAS (ESTILO CADERNO 2). CRIE DADOS ECONÔMICOS E EMPRESARIAIS A RESPEITO DE SEU EVENTO E PROCURE TAMBÉM ESTES CADERNOS.
ü 4. SEU PRESS-RELEASE DEVE SER ENVIADO VIA FAX E EMAILS, MOMENTOS ANTES DO FECHAMENTO DOS CADERNOS. SEJA DIRETO, CLARO, DESCREVA O EVENTO, DIGA LOCAL, HORÁRIO, TELEFONE PARA MAIS INFORMAÇÕES.
ü 5. PARA CONSEGUIR ESPAÇO EM ALGUNS CADERNOS SOCIAIS É A CRIAÇÃO DE FOTOS EXCLUSIVAS DO EVENTO.
FEEDBACK: A ÚLTIMA E MAIS LONGA FASE NO APROVEITAMENTO DO EVENTO
ü O DESFILE FOI LINDO! ESTAMOS FELIZES! ARRASAMOS! E AGORA?
ü NÃO SE ESQUEÇA DE QUE DESFILES DEVEM SER CAPITALIZADOS EM TRÊS FASES: ANTES, DURANTE, DEPOIS.
ü PARA ISTO, VOCÊ DEVE TER SE PREOCUPADO EM CONTRATAR UM BOM FOTÓGRAFO PARA REGISTRÁ-LO.
ü DEPOIS DE REALIZADO O SEU EVENTO VOCÊ TEM UMA HISTÓRIA PARA CONTAR SOBRE SUA COLEÇÃO.
ü VOCÊ TEM TAMBÉM PESSOAS QUE FORAM AO SEU DESFILE E GOSTARAM MUITO.
ü VOCÊ TEM FOTOS, VOCÊ TEM A COLEÇÃO PARA VENDER.
ü ANTES DE TUDO, APRESSE-SE EM REVELAR BOAS FOTOS DO SEU EVENTO.
ü ESTAS DEVEM SE TRANSFORMAR EM UM PORTFÓLIO PARA SER EXPOSTO NO SEU PONTO DE VENDA.
ü EXISTE UMA TENDÊNCIA, TAMBÉM, DE SE FAZEREM CATÁLOGOS COM FOTOS DE DESFILES.
ü ENTRE EM CONTATO COM OS MESMOS JORNALISTAS QUE AJUDARAM A DIVULGAR O SEU EVENTO E CERTIFIQUE-SE DE QUE TENHAM ESTAS FOTOS.
ü ELES PODERÃO PUBLICÁ-LAS OU SIMPLESMENTE FICAR SATISFEITOS EM SABER QUE O EVENTO DIVULGADO ACONTECEU COM SUCESSO, ISTO AJUDARÁ NA PRÓXIMA VEZ QUE VOCÊ PRECISAR.
ü LIGUE PARA OS CONVIDADOS QUE NÃO FORAM AO DESFILE, CRIANDO UM MOTIVO LEVE, COMO A INFORMAÇÃO DE QUE A COLEÇÃO NOVA JÁ ESTÁ À VENDA, E APROVEITE PARA DIZER O QUANTO O SEU DESFILE FOI BEM SUCEDIDO.
ü QUANDO SEUS CLIENTES VIEREM COMPRAR SUA COLEÇÃO, VOCÊ PRECISA DE HISTÓRIA PARA CONTAR SOBRE SUA COLEÇÃO, E ESTE É O MELHOR MOTIVO DO MUNDO:
ü O DESFILE DE SUA COLEÇÃO E SEUS CONVIDADOS ILUSTRES.
ü SUA EQUIPE DE VENDAS DEVE ESTAR BEM INFORMADA SOBRE O EVENTO, PARA USAR COMO ARGUMENTAÇÃO.
ü TUDO ISTO DEVE SER FEITO PARA, TAMBÉM, ESTIMULAR OS SEUS CLIENTES QUE FORAM AO EVENTO A FALAREM DO EVENTO, PARA CONFIRMAREM O QUANTO O HAPPENING FOI INTERESSANTE.
ü SE VOCÊ É APENAS O ORGANIZADOR DO EVENTO, DEVERÁ ORIENTAR SEU CLIENTE NESTA TAREFA DE FEEDBACK. CONSIGA TAMBÉM FOTOS PARA O SEU PRÓPRIO PORTFÓLIO.

REVISÃO: UMA PEÇA EFICIENTE DE MARKETING


ü O MERCADO DE MARKETING DE MODA ESTÁ CRESCENDO E SE PROFISSIONALIZANDO, PROFISSIONAIS NO RAMO DE EVENTOS DE MODA ESTÃO NO TOPO DE UMA LISTA DE NOVAS OPORTUNIDADES NESTE MERCADO.
ü TALVEZ ALGUNS NÚMEROS OFICIAIS POSSAM NÃO CONSIDERAR ESTE MERCADO COMO UMA BOA OPORTUNIDADE PORQUE NÃO EXISTEM EMPREGOS NESTA ÁREA.
ü PARA SER UM ORGANIZADOR DE DESFILES DE MODA VOCÊ PRECISARÁ TER EM MENTE QUE VOCÊ SERÁ O ÚNICO RESPONSÁVEL PELO SEU SUCESSO. ESTE É UM MERCADO LATENTE.
ü ISTO SIGNIFICA QUE EXISTE MUITA GENTE QUE PODERIA QUERER ESTE SERVIÇO E NEM MESMO SABE QUE PODERIA. EXISTEM INÚMERAS EMPRESAS QUE PODERIA SE INTERESSAR POR ESTES SERVIÇOS SE VOCÊ TROUXESSE UMA BOA PROPOSTA, MAS JAMAIS TERIAM ESTA IDÉIA SOZINHA.
ü NESTE CURSO, TENTAMOS TRADUZIR ESTA IDÉIA DE QUE DESFILES DE MODA DEVEM SER ENCARADAS COMO PEÇAS DE MARKETING DE MODA E NUNCA COMO SIMPLES FESTAS DO MUNDO FASHION.
ü BASICAMENTE O QUE VOCÊ APRENDEU NESTE CURSO RÁPIDO FOI:
ü 1. DESFILES SÃO AÇÕES DE MARKETING INSTITUCIONAL DE BAIXO CUSTO.
ü 2. ORGANIZAR DESFILES É BASICAMENTE PLANEJAMENTO DE TAREFAS.
ü 3. VOCÊ DEVE TER COERÊNCIA COM AS INTENÇÕES DO MARKETING DE SEU CLIENTE.
ü 4. DESFILES DEVEM SER CAPITALIZADOS EM 3 ESTÁGIOS: ANTES, DURANTE, DEPOIS.
ü 5. VOCÊ PODE GANHAR MUITO DINHEIRO NESTA ÁREA, SE FOR BASTANTE PROFISSIONAL.

PROFISSIONAIS: EM QUE FUNÇÕES EU POSSO ME ENCAIXAR?


ü ALGUNS PRETENDENTES A PRODUTORES E ORGANIZADORES DE DESFILES DE MODA AINDA IMAGINAM QUE EXISTA UM MEGAPRODUTOR QUE SEJA RESPONSÁVEL POR PRATICAMENTE TODOS OS ESTÁGIOS DA PRODUÇÃO DE UM EVENTO COMO ESTE. NA REALIDADE, MESMO OS DESFILES MAIS SIMPLES PRECISAM TER UMA EQUIPE BEM ESTRUTURADA, COM PROFISSIONAIS CAPAZES PARA CADA PEQUENO DETALHE DESTE EVENTO. ISTO OCORRE POR QUE A PRINCIPAL DIFICULDADE DA ESTRUTURA DESTES EVENTOS É A SINCRONIA. É IMPOSSÍVEL FAZER MÚLTIPLAS TAREFAS COMPLEXAS AO MESMO TEMPO, SOZINHO. CERTAMENTE, EM PRODUÇÕES MENORES, VOCÊ DEVERÁ ASSUMIR VÁRIAS DESTAS FUNÇÕES, MAS AINDA PRECISARÁ DIVIDI-LAS EM BLOCOS COM OUTROS PROFISSIONAIS.
ü ALGUNS PROFISSIONAIS (OU TAREFAS) NECESSÁRIOS EM UM DESFILE DE MODA:
ü O MARKETEIRO DO CLIENTE (LOJA, FÁBRICA OU ESTILISTA): ESTE DEVERÁ DEFINIR A QUEM O DESFILE DEVERÁ ATINGIR, QUE LINGUAGEM DEVERÁ SER USADA, DEFINIR DATAS, ORÇAMENTOS, DEFINIR TAREFAS AO PRODUTOR.
ü O ORGANIZADOR DO EVENTO: GERALMENTE DEVERÁ SER O PRÓPRIO MARKETEIRO OU O PRODUTOR DO EVENTO. O ORGANIZADOR É RESPONSÁVEL PELO PLANEJAMENTO GERAL DO EVENTO, CAPTAÇÃO DE RECURSOS, CONTRATAÇÃO DE UM PRODUTOR, DEFINIÇÃO DE AGENDA, E TUDO QUE SE REFIRA A CRIAR UM AMBIENTE TRANQÜILO PARA O EVENTO. CASO O ORGANIZADOR NÃO SEJA O PRODUTOR, ESTE NÃO DEVERÁ TIRAR A LIBERDADE DO PRODUTOR.
ü PRODUTOR DO EVENTO: É A PESSOA QUE VAI ADMINISTRAR A EXECUÇÃO DE TODAS AS ETAPAS DO EVENTO, INCLUINDO ESTRUTURA FÍSICA E PESSOAL.
ü STYLIST (PRODUTOR DE MODA): APESAR DE ALGUNS AUTORES SEPARAREM ESTAS FUNÇÕES DE PRODUÇÃO DE MODA E STYLING, BASICAMENTE ELAS SE REFEREM À PESSOA QUE IRÁ MONTAR ADEQUADAMENTE AS ENTRADAS DE ROUPAS, ACESSÓRIOS E SAPATOS, DEFININDO INCLUSIVE QUE MODELO USARÁ QUE ROUPA.
ü PROMOTOR DO EVENTO: ESTA É A PESSOA QUE SE RESPONSABILIZARÁ PELAS RELAÇÕES PÚBLICAS DO EVENTO, EMITINDO CONVITES E DIVULGAÇÃO.
ü ASSESSORIA DE IMPRENSA: PESSOA RESPONSÁVEL POR "CAPITALIZAR" O EVENTO NA MÍDIA, ENCONTRANDO TODOS OS ESPAÇOS POSSÍVEIS PARA CITAR O NOME DA MARCA OU ESTILISTA.
ü PRODUTOR DE ELENCO: PESSOA RESPONSÁVEL PELA CAPTAÇÃO DO ELENCO DE MODELOS.
ü MAQUIADOR (MAKE-UP ARTIST), E CABELEIREIRO (HAIR STYLIST): MUITAS VEZES, EM PEQUENOS EVENTOS ESTAS DUAS FUNÇÕES PODEM SER EXECUTADAS PELO MESMO PROFISSIONAL.
ü COACH DE PASSARELA (COREÓGRAFO): RESPONSÁVEL PELA DINÂMICA DAS MODELOS NA PASSARELA.
ü PRODUTOR MUSICAL OU D.J.: RESPONSÁVEL PELA SELEÇÃO MUSICAL E/OU EXECUÇÃO DA MÚSICA DO DESFILE
ü EQUIPE DE SOM E LUZ: MUITAS VEZES TAMBÉM RESPONSÁVEL PELA ESTRUTURA DO EVENTO.
ü EQUIPE DE ESTRUTURA: EMPRESA QUE MONTARÁ ESTRUTURA DE PASSARELA, CAMARINS, PLATÉIA.
ü EQUIPE CENOGRÁFICA: EXECUTARÁ A DECORAÇÃO DE CENÁRIOS E PLATÉIA.
ü ARQUITETO OU CENÓGRAFO: DESENHARÁ A ESTRUTURA DO EVENTO.
ü DESIGNER: DESENHARÁ CONVITES ,CARTAZES E BANNERS.
ü EQUIPE DE CATERING: GERENCIARÁ A ALIMENTAÇÃO DA EQUIPE DO EVENTO.
ü EQUIPE DE RECEPTIVO: ORGANIZARÁ A RECEPÇÃO DE CONVIDADOS, COQUETÉIS, BUFÊS.
ü EQUIPE DE LIMPEZA: DEVERÁ FAZER A LIMPEZA DO AMBIENTE, ANTES E DEPOIS DO EVENTO.
ü EQUIPE DE SEGURANÇAS: DEVERÁ ORGANIZAR A ENTRADA DE CONVIDADOS E MANTER O CONTROLE.
ü ASSISTENTES DE PRODUÇÃO: EXISTIRÃO EM PRATICAMENTE TODOS OS ESTÁGIOS DA PRODUÇÃO.
ü PASSADEIRAS E PESSOAL DE CAMARIM : RESPONSÁVEIS PELA MANUTENÇÃO DAS ROUPAS DO DESFILE:
ü ELENCO : COLOCADO AQUI EM ÚLTIMO LUGAR, PARA LEMBRAR AOS NOSSOS FUTUROS PRODUTORES DE QUE ESTA PARTE É FUNDAMENTAL, MAS NÃO DEVERÁ SER SUA ÚNICA PREOCUPAÇÃO.UM BOM ELENCO PODE SALVAR UM EVENTO, MAS UM BOM ELENCO SEM UMA BOA ORGANIZAÇÃO E ESTRUTURA, NÃO CONSEGUIRÁ UM BOM EFEITO.
ü ALGUNS PROFISSIONAIS, TAIS COMO LUMINOTÉCNICOS (PROFISSIONAL DE ILUMINAÇÃO),ENTRE OUTROS, SÃO MAIS COMUNS EM PRODUÇÕES MAIORES, QUE NATURALMENTE PODERÃO AGREGAR MAIS UNS VINTE PROFISSIONAIS EM NOSSA LISTA. NO TEMPO CERTO, VOCÊ SE PREOCUPARÁ COM FUNÇÕES SUPER ESPECÍFICAS.

ORÇAMENTO: QUE TAMANHO DEVERÁ TER ESTE EVENTO?


ü AO FAZER CONTATO COM UM CLIENTE, UMA DAS PRIMEIRAS AÇÕES A LHE SEREM REQUISITADAS SERÁ A ENTREGA DE UM ORÇAMENTO. MUITO CUIDADO NESTE PONTO. VOCÊ PODERÁ CERTAMENTE PASSAR UMA IDÉIA DE CUSTO PARA SEU CLIENTE; MAS PREFIRA DEVOLVER ESTA OBRIGAÇÃO PARA ELE.
ü COM O ORÇAMENTO EM MÃOS, VOCÊ DEFINIRÁ O QUE SERÁ POSSÍVEL REALIZAR COM O DINHEIRO DISPONÍVEL.
ü VOCÊ DEVE EQUILIBRAR SEUS GASTOS, PLANEJANDO AÇÕES DE DIVULGAÇÃO E DE REALIZAÇÃO DO DESFILE.
ü AFINAL, NÃO FARÁ SENTIDO REALIZAR O MELHOR E MAIS BONITO DESFILE DO MUNDO, SEM SUA PLATÉIA.
ü NÃO PERCAM DE VISTA AS INTENÇÕES QUE O DEPTO DE MKT DO CLIENTE TEM, AO REALIZAR ESTE DESFILE.
ü POR EXEMPLO, SE A EMPRESA PRETENDE CHAMAR ATENÇÃO DA MÍDIA, VOCÊ DEVERÁ PLANEJAR UMA PARTE CONSIDERÁVEL DA VERBA PARA CONTRATAR MODELOS FAMOSAS E UMA BOA ASSESSORIA DE IMPRENSA.
ü SE A IDÉIA FOR ATINGIR OS CLIENTES INTERNOS DA EMPRESA, PREFIRA INVESTIR EM UM BOM RECEPTIVO E DEIXE A DIVULGAÇÃO POR CONTA DOS CONTATOS INTERNOS DO CLIENTE.
ü DEFINA, PORTANTO, O FORMATO DO EVENTO, QUE ESTRUTURA USAR, QUE PROFISSIONAIS CHAMAR, DEFINA OS SEUS HONORÁRIOS, E MONTE UMA APRESENTAÇÃO SIMPLES, CONTENDO UMA TABELA QUE EXPLIQUE AS CARACTERÍSTICAS DA PRODUÇÃO, QUEM EXECUTARÁ CADA TAREFA, OS PREÇOS DE CADA PROFISSIONAL.
ü NÃO SE ESQUEÇA DE RESGUARDAR PARTE DO ORÇAMENTO PARA GASTOS IMPREVISTOS.
ü ACREDITEM EM MIM, ELES EXISTEM. INCLUA TAMBÉM EM SEU ORÇAMENTO GASTOS COMO TRANSPORTE DE ELENCO, SEUS CUSTOS DURANTE A PRÉ-PRODUÇÃO DO EVENTO, FILMES E REVELAÇÕES QUE VOCÊ USARÁ NA MONTAGEM DA PRODUÇÃO DE ESTILO, ENSAIOS DE MAQUIAGEM, ETC.
ü SEU TELEFONE DEVERÁ ESTAR BEM VISÍVEL EM SUA FOLHA DE ORÇAMENTO, PARA QUE O CLIENTE POSSA ENCONTRÁ-LO, EM CASO DE QUALQUER DÚVIDA.
ü AO DEFINIR SEU ORÇAMENTO, TOME O CUIDADO DE JAMAIS PERMITIR QUE DURANTE AS NEGOCIAÇÕES COM SEU CLIENTE, A REDUÇÃO DA VERBA PROPOSTA POSSA GERAR DIFICULDADES NA PRODUÇÃO.
ü Em LONGO PRAZO, PREFIRA NÃO ACEITAR TRABALHOS DE ORÇAMENTO MUITO LIMITADO.
ü APÓS ALGUNS CONTRATOS PERDIDOS POR CAUSA DE SEU PREÇO POUCO FLEXÍVEL, SEU CURRÍCULO CONTINUARÁ MUITO BOM, SEM QUE NINGUÉM TENHA REFERÊNCIAS NEGATIVAS SOBRE SEU TRABALHO.
ü O QUE VALE PARA QUEM IRÁ CONTRATÁ-LO, É A QUALIDADE FINAL DO EVENTO. SE O CLIENTE ACREDITAR QUE VOCÊ É A PESSOA CERTA, PAGARÁ SEU PREÇO.
ü SEMPRE QUE VOCÊ ERRAR EM UM EVENTO POR QUE NÃO TEVE A VERBA ADEQUADA, ISTO SERÁ LEMBRADO COMO SENDO SUA INCOMPETÊNCIA (JAMAIS ALGUÉM ACREDITARÁ QUE FEZ FALTA TER MAIS DINHEIRO).
ü O CLIENTE GOSTA DE DIZER QUE NÃO TEM DINHEIRO. SE NÃO TEM DINHEIRO, É MELHOR NEM FAZER...



ü AO ORGANIZAR UM DESFILE DE MODA, VOCÊ PRECISARÁ PLANEJAR, COM CERTA ANTECEDÊNCIA, TODOS OS ACONTECIMENTOS REFERENTES À PRÉ-PRODUÇÃO, E REALIZAÇÃO DESTE EVENTO.
ü SERÁ NECESSÁRIO MONTAR UMA PLANILHA DE TAREFAS, QUE DEVERÁ CONTER AS TAREFAS DE MANEIRA VISUAL E IMEDIATA, SERVINDO COMO CONTROLE GERAL DE TODOS OS MOMENTOS DE PRÉ-PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO.
ü VOCÊ DEVERÁ LEVAR EM CONSIDERAÇÃO OS SEGUINTES PONTOS, NA HORA DE SEU PLANEJAMENTO:
ü 1. TEMPO NECESSÁRIO PARA A REALIZAÇÃO DA TAREFA A TEMPO PARA O EVENTO.
ü 2. FATOR DE RISCO (CASO A TAREFA DÊ ERRADO, QUANTO TEMPO VOCÊ PRECISARÁ PARA USAR SEU PLANO B)
ü 3. PLANO B - QUE AÇÕES VOCÊ PLANEJOU EM SUBSTITUIÇÃO ÀS OUTRAS.
ü 4. QUE PROFISSIONAL EXECUTARÁ CADA TAREFA (LIMITES DE RESPONSABILIDADE).
ü 5. DATAS FINAIS. PRAZOS CLAROS PARA CADA TAREFA.
ü 6. MAPA DO EVENTO (NO DIA DO EVENTO, COMO AS TAREFAS FUNCIONARÃO).
ü USE ESTA PLANILHA COMO O CONTROLE PARA TODOS OS "MOVIMENTOS" EM SUA ORGANIZAÇÃO.
ü LEMBRE-SE DE QUE ORGANIZAR EVENTOS É BASICAMENTE "PLANEJAMENTO".
ü PARA USAR ADEQUADAMENTE SUA PLANILHA, FORMATE-A DE MANEIRA CLARA, EM UM PROGRAMA COMO O EXCELL.
ü SUA PLANILHA DEVERÁ SER UMA LISTA DEFINIDA POR: TAREFAS, DATA INICIAL, PRAZO PARA FINALIZÁ-LAS, DESCRIÇÃO DO RESULTADO ESPERADO EM CADA TAREFA, QUEM IRÁ EXECUTÁ-LA.
ü JAMAIS EXECUTE UMA TAREFA ESTANDO PREOCUPADO/A COM OUTRA.
ü CADA TAREFA DEVE SER EXECUTADA A SEU TEMPO. NUNCA ANTES, NUNCA DEPOIS.
ü OUTRO PONTO IMPORTANTE, É MANTER UM PLANO B CONFIÁVEL, E CHECAR REGULARMENTE A EXECUÇÃO DE CADA TAREFA, PARA UMA CORRETA MUDANÇA DE PLANO, SEMPRE QUE NECESSÁRIO.

MAPA DO EVENTO: SINCRONIA É FUNDAMENTAL
ü O MAPA DO EVENTO É COMO UMA LENTE DE AUMENTO COLOCADA EM SEU MAPA DE ORGANIZAÇÃO PARA O "DIA”.
ü O QUE EU QUERO DIZER É QUE, AGORA, O QUE FAREMOS É UMA REPETIÇÃO DO PLANEJAMENTO DO EVENTO, SENDO MAIS ESPECÍFICOS, E CONTENDO TAREFAS APENAS RELATIVAS AO DIA DO EVENTO.
ü DA MESMA FORMA, VAMOS DEFINIR AS TAREFAS, O MOMENTO EM QUE DEVERÃO OCORRER, QUEM IRÁ EXECUTÁ-LAS, E QUAL O PRAZO, EM HORAS EXATAS, PARA A REALIZAÇÃO DE CADA TAREFA.
ü VOCÊ DEVERÁ CRIAR UMA TABELA EM UM PROGRAMA TIPO EXCEL, QUE DEVERÁ ESTAR COM VOCÊ, PARA REFERÊNCIA, EM UMA PRANCHETA OU SIMILAR, DURANTE TODO O DIA DO EVENTO.
ü COMO ORGANIZADOR DO EVENTO, MESMO QUE A MAIORIA DAS TAREFAS SEJAM DELEGADAS A PROFISSIONAIS COMPETENTES, VOCÊ DEVERÁ CONTROLAR TODOS OS PASSOS DE PERTO, SERVINDO COMO SUPORTE IMEDIATO EM CASO DE IMPREVISTOS QUE CERTAMENTE OCORRERÃO. VISUALIZE , EM SUAS PLANILHAS, AS "CAMADAS DO EVENTO":
ü 1. MONTAGEM ESTRUTURAL: A QUE HORA SE INICIARÁ A MONTAGEM DE ESTRUTURAS DE PASSARELA, PLATÉIA, LUZ E SOM, DECORAÇÃO. DELIMITE OS HORÁRIOS EM QUE CADA ESTRUTURA PRECISARÁ ESTAR PRONTA, PARA SEU USO. POR EXEMPLO, SERÁ NECESSÁRIO TER A PASSARELA PRONTA ALGUMAS HORAS ANTES DA ENTRADA DO PÚBLICO, DE FORMA QUE O COACH DE PASSARELA POSSA ENSAIAR AS ENTRADAS DO EVENTO COM AS MODELOS. DA MESMA FORMA, O DJ, SOM E LUZ PRECISAM DE ENSAIOS ANTERIORES À CHEGADA DO PÚBLICO.
ü 2. RECEPTIVO: HORÁRIO DE CHEGADA DE GARÇONS E BUFÊS, PESSOAL DE RECEPÇÃO. LEMBRE-SE DE QUE A MONTAGEM DE MESAS PARA ALIMENTAÇÃO TOMA ALGUM TEMPO, ENQUANTO ALIMENTOS NÃO DEVEM FICAR MUITO TEMPO EXPOSTOS À TEMPERATURA AMBIENTE. RECEPCIONISTAS / GARÇONS PRECISAM DE ORIENTAÇÃO.
ü 3. PREPARATIVO DAS MODELOS: MODELOS DEVEM CHEGAR À PRIMEIRA HORA ÚTIL DO DIA DO EVENTO. ESTAS PRECISAM SE ENTROSAR COM O COACH DE PASSARELA, ENSAIAR, CONHECER O MAPA DAS ENTRADAS DO DESFILE.
ü OS MAQUIADORES DEVEM TRABALHAR SINCRONIZADOS COM OS CABELEIREIROS. ENQUANTO UMAS MODELOS ESTÃO SE MAQUIANDO, OUTRAS DEVERÃO ESTAR FAZENDO O CABELO. VOCÊ DEVE SE CERTIFICAR DE QUE ESTES PROFISSIONAIS ESTÃO REALIZANDO AQUILO QUE FOI APROVADO NO ENSAIO DE MAQUIAGEM E CABELO
ü 4. MOMENTO DO DESFILE, EM PASSARELA: ESTE MOMENTO DEVERÁ TER UM MAPA PRÓPRIO, DEFININDO AS ENTRADAS DE CADA MODELO, A ORDEM, OS SAPATOS, OS ACESSÓRIOS. O MAPA DEVERÁ DIZER A CADA PROFISSIONAL ENVOLVIDO, O QUE DEVERÁ SER FEITO A CADA ENTRADA, E QUAL A ORDEM QUE CADA ROUPA E ACESSÓRIOS DEVEM SER PREPARADOS PARA A ENTRADA. TODOS OS ENVOLVIDOS NESTE MOMENTO, COMO MODELOS, PESSOAL DE APOIO, COACH DE PASSARELA, VOCÊ, PESSOAL DE SOM E LUZ, DJ, DEVERÃO TER ACESSO PREMATURO A ESTE MAPA. LEMBRE-SE DE QUE O MOMENTO DE UM DESFILE ACONTECE EM POUCO MAIS DE 20 MINUTOS. TUDO É MUITO CORRIDO E ESTRESSANTE. UM DESFILE ACONTECE COMO UMA EXPLOSÃO DE SINCRONIA.TUDO MUITO RÁPIDO.
ü 5. MOMENTO DO DESFILE, SUPORTE: DEFINA COM CADA PROFISSIONAL ENVOLVIDO NO MOMENTO DO EVENTO, QUAIS SERÃO SUAS FUNÇÕES. POR EXEMPLO, DECIDA E INFORME SE OS GARÇONS DEVERÃO CONTINUAR SERVINDO DURANTE O EVENTO. OU, SE SEU EVENTO É DE GRANDE PORTE, DEFINA COM OS SEGURANÇAS E RECEPCIONISTAS O EXATO MOMENTO DE DIRECIONAR O PÚBLICO PARA A ÁREA DE PLATÉIA. TUDO AQUI DEVE SER DEFINIDO EXATAMENTE, COM CADA PROFISSIONAL ENVOLVIDO.
ü 6. FINAL, SAÍDA DE CONVIDADOS: DEFINA EM QUE MOMENTO O EVENTO SE FARÁ ENCERRADO, E COMO ISTO SERÁ COMUNICADO AO PÚBLICO. DEIXE OS MANOBRISTAS A POSTOS NO MOMENTO CERTO DA SAÍDA DE TODOS.
ü VOCÊ JÁ DEVE TER PERCEBIDO QUE NÃO ESTAMOS EXPLICANDO PROFUNDAMENTE A MANEIRA QUE VOCÊ ORGANIZARÁ SEU EVENTO, POIS ESTE É SEU EVENTO!
ü SE DÉSSEMOS EXEMPLOS EXATOS, ESTARÍAMOS CRIANDO UM EVENTO QUE PODERIA NÃO SE AJUSTAR AO SEU.
ü PRESTE ATENÇÃO NA IDÉIA PRINCIPAL DE ORGANIZAÇÃO EM NÍVEIS QUE SE COMPLETAM E ACONTECEM EM SICRONIA. COMO ORGANIZADOR DEVE DELEGAR A MAIOR PARTE DAS TAREFAS A PROFISSIONAIS ESPECIALIZADOS.
ü ISTO SE APLICA MESMO SABENDO QUE SUAS HABILIDADES PARA PRODUÇÃO DE MODA DEVEM SER NATAS.
ü USE SEU CONHECIMENTO PARA ORIENTAR OS RESULTADOS DO EVENTO, ATRAVÉS DE CADA PROFISSIONAL.

EXECUÇÃO: TRANQÜILIDADE É FUNDAMENTAL

ü A MÁGICA DE UM EVENTO BEM SUCEDIDO É QUE ELE SE MOVE PRATICAMENTE SOZINHO.
ü NA REALIDADE, VOCÊ PODE SE VANGLORIAR DE TER REALIZADO UM BOM EVENTO QUANDO VOCÊ SENTIR QUE PODERIA NEM ESTAR PRESENTE E, AINDA ASSIM, TUDO ACONTECERIA PERFEITAMENTE.
ü DESFILES DE MODA, NO ENTANTO, POSSUEM UMA CARACTERÍSTICA PECULIAR RELATIVA ÀS PESSOAS QUE PARTICIPAM DE SUA REALIZAÇÃO: A GRANDE BATALHA DOS EGOS.
ü ISTO ACONTECE POR QUE OS PRODUTORES DE DESFILES DE MODA AINDA SÃO TRATADOS MAIS COMO PESSOAS DE TALENTO, E MENOS COMO PROFISSIONAIS QUE DEVEM SER. ISTO TEM DE SER MUDADO.
ü DURANTE A REALIZAÇÃO DO DESFILE, VOCÊ TERÁ QUE GERENCIAR EGOS.
ü PRIMEIRO, OS SEUS CLIENTES VÃO QUERER FAZER PARTE DAQUELE GRANDE "ENCONTRO SOCIAL" QUE ACONTECE QUANDO MODELOS SE ENCONTRAM COM MAQUIADORES E PRODUTORES.
ü É COMUM, ESTA ATITUDE DE MARCAÇÃO DE TERRITÓRIO, EM QUE TODOS OS ENVOLVIDOS PARECEM QUERER DEMONSTRAR QUEM É E O QUE ESTÃO FAZENDO ALI. SE VOCÊ POSSUI UMA CONFECÇÃO: "É PRECISO DAR ESPAÇO PARA QUE AS PESSOAS TRABALHEM”.
ü AO PRODUZIR UM EVENTO, DELIMITE SEU ESPAÇO, NÃO TENTE PARTICIPAR DE TODOS OS PROCESSOS.
ü APENAS ADMINISTRE OS PROFISSIONAIS. OS PROFISSIONAIS DE CADA SETOR PRECISAM SER GERENCIADOS.
ü CERTAMENTE A EQUIPE DE SOM E LUZ FICARÁ CURIOSA PARA VER AS MODELOS, OS MAQUIADORES FICARÃO INTERESSADOS EM CONHECER OS CLIENTES, AS MODELOS VÃO QUERER TROCAR TELEFONES E VÃO SE INTERESSAR EM CONHECER A COLEÇÃO, AO LADO DE SEU CRIADOR.
ü TUDO BEM, PARTE DESTE BURBURINHO DEVE FAZER PARTE DO CLIMA QUE RONDA DESFILES DE MODA, MAS EVITE OS EXCESSOS, E PROTEJA AS CÉLULAS DE SEU EVENTO, DA CURIOSIDADE DE OUTROS PROFISSIONAIS.
ü NO DIA ANTERIOR AO EVENTO, DURMA CEDO, NÃO SE PREOCUPE COM PROBLEMAS INESPERADOS.
ü A GRANDE FUNÇÃO DE UM ORGANIZADOR DE EVENTOS É FAZER CONSERTOS NA REALIZAÇÃO DO PLANEJADO.
ü NÃO TENHA MEDO DOS ERROS. APENAS ESTEJA LÁ PARA CONSERTÁ-LOS. VOCÊ DEVE SER A PRIMEIRA PESSOA A CHEGAR AO LOCAL, AINDA NO PROCESSO DE MONTAGEM DE ESTRUTURA (MESMO QUE A ESTRUTURA DURE MAIS DE UM DIA, VOCÊ DEVERÁ ESTAR JUNTO).
ü CONFORME O CRONOGRAMA, CONTROLE OS HORÁRIOS DE CHEGADA DE CADA UM E INÍCIO DAS OPERAÇÕES.
ü SE UM PROFISSIONAL POSSA NÃO CHEGAR (NÃO IMPORTAM OS MOTIVOS) VEJA UM SUBSTITUTO.
ü POR ESTE MOTIVO ACONSELHA-SE SEMPRE MANTER OPÇÕES ATIVAS (STAND-BY) DE PROFISSIONAIS AVISADOS DA POSSIBILIDADE DE SEREM CHAMADOS DE ÚLTIMA HORA PARA ASSUMIR CERTA FUNÇÃO. ESTA PRECAUÇÃO É EXTREMAMENTE ACONSELHÁVEL NO CASO DE MODELOS. NÃO ESTOU DIZENDO QUE MODELOS SEJAM IRRESPONSÁVEIS, MAS, PELAS GRANDES QUANTIDADES DE PROFISSIONAIS DESTA ÁREA QUE SÃO ENVOLVIDOS EM UM DESFILE, É JUSTAMENTE ONDE SE CRIA A MAIOR POSSIBILIDADE DE IMPREVISTOS.
PLANEJAMENTO: AGENDANDO OS ACONTECIMENTOS

8 comentários:

União TOP STAR disse...

Parabéns pelo blog, gostei muito e vai me ajudar bastante na montagem do meu projeto *-*

Júnior Borém disse...

Parabéns pelo belo texto, esclarecedor prá quem precisa de informações deste assunto.....foi o melhor que achei na internet.

eliane prado ventura disse...

Realmente, é muito esclarecedor parabéns

Beth Santos Produções e Eventos disse...

Excelente cartilha. Nossa vai me ajudar muuuito!!! Bjus

Andréa Oliveira disse...

Adorei as dicas ,gostaria somente de uma informação , eu pretendo fazer um desfile de fantasias só queria tirar uma duvida é necessário algum tipo de coquetel ou não precisa disso obg desde já

diana disse...

oi bom dia sou transexual moro em belem gostaria de fazer uma pergunta estou querendo lança minha grif e fazer um desfile de moda praia na minha cidade tenho muito bom gosto e criaçoes minha mesmo so nao tenho muito capital mais tenho o local custureiras que sao da mesma vila que e uma ilha que se chama algodoal onde vai muita gente turista minha questao e vc axa que pela minha posiçao pode atrai curiosidade e facilitar o interesse ta imprensa para meu desfile e por onde devo realmente começa obrigada diana

♥kachy disse...

nossa...a explicação é maravilhosa!!!!amei,ajudou muito na produção do meu desfile...obrigado

line moreirA disse...

waobrigado pela dica,adorei parabéns por existir essa pagina beijos !